Notícias
 
Capa 2
 
13/05/2017
São João com força na zona rural
 

Pela primeira vez, os quatros distritos da zona rural terão programação oficial durante os festejos juninos. Lançamento será na comunidade de Pau Santo

Wagner Gil

Finalmente, a Prefeitura de Caruaru resolveu acabar com o suspense e anunciar a programação do São João 2017. A festa terá início no dia três de junho terminando no dia 29. A programação completa será divulgada nesta segunda-feira (15), na comunidade de Pau Santo. Os homenageados da festa serão o escritor José Condé, a teatróloga Arary Marrocos, a cantora Joana Angélica e o artista plástico Gineton Magalhães.

Pela primeira vez, os quatros distritos da zona rural farão parte da programação oficial com palco, barracas, estrutura de luz e som, além de dezenas de apresentações. Segundo o presidente da Fundação de Cultura, Lúcio Omena, o objetivo é valorizar a cultura regional com shows de artistas locais e vivenciar as antigas tradições, mas sem esquecer o setor de entretenimento.

Como exemplo na valorização do setor de entretenimento está a apresentação do cantor Bel Marques, entre 9 e 10 de junho, Lenine, no dia 24, e a dupla Matheus e Kauan, que foi anunciada pela própria prefeita Raquel Lyra, nas redes sociais.Por onde se anda na cidade, não se fala em outra coisa: a programação do São João. Este ano, a festa terá uma série de novidades com destaque para a realização de edital na contratação dos artistas. Foram mais de 800 propostas apresentadas, segundo informou o vice-presidente da Fundação de Cultura, Leonardo Salazar.

Alguns artistas anteciparam o anúncio oficial e foram às redes sociais, dentre eles, Alcymar Monteiro, que não se apresentava na cidade há alguns anos depois de brigar com a gestão anterior. Outra atração importante que se apresentará nos festejos juninos será o Trio do Nordestino com data marcada para o dia nove, uma sexta-feira. O caruaruense Petrúcio Amorim também foi outro que revelou a data de sua apresentação através das redes sociais: dia 24, na mesma data de Lenine.


Conheça o perfil dos homenageados:

Gineton Magalhães - Artista plástico caruaruense que faleceu em janeiro deste ano e completaria 50 anos de carreira em 2017. Ficou conhecido também como um grande carnavalesco, tendo sido, inclusive, rei momo em carnavais. Gineton foi homenageado algumas vezes na cidade como no 17º Salão de Artes Plásticas.

José Ferreira Condé - Conhecido como José Condé, o caruaruense foi jornalista e escritor de vários livros. Sua obra mais famosa, "Terra de Caruaru", recebeu o prêmio Coelho Neto da Academia Brasileira de Letras. No romance regionalista, o autor fez um levantamento histórico e sociológico de Caruaru, mostrando o modo de vida da cidade, as histórias do cangaço e os problemas da política local. José Condé faleceu, no Rio de Janeiro, em 1971.

Arary Marrocos - Atriz, produtora, encenadora, diretora e educadora. Junto com o marido, o ator, teatrólogo e diretor Argemiro Pascoal (1929 - 2012), fundou o Teatro Experimental de Arte, um dos grupos mais atuantes no Estado, em atividade até hoje, através de cursos, oficinas, workshops e festivais cênicos. Entre os espetáculos realizados como diretora e atriz estão as montagens de "O Baile do Menino Deus" e "A Menina que perdeu o gato enquanto dançava frevo na terça-feira de carnaval''.

Joana Angélica - A cantora caruaruense, que foi esposa do cantor e compositor do conterrâneo Azulão, fez parte da Banda do Camarão durante 30 anos. Hoje em carreira solo, ela já participou do grupo Karolinas com K, ao lado de Terezinha do Acordeom, Lourdes Silva e Maria Lafayete.

 

 
 
 
 
publicidade